Como gerir muitas encomendas de artesanato em simultâneo

por Artemix.

Todos gostamos de nos sentir ocupados, de dizer que somos muito requisitados para trabalhos. No caso de um artesão, acontece o mesmo, todos gostam de aceitar várias encomendas em simultâneo, porém nem sempre todos conseguem geri-las da melhor forma. Saber gerir as encomendas em simultâneo é apenas um problema de método, organização e disciplina. Este artigo apresenta algumas sugestões úteis e práticas para os artesãos gerirem as suas encomendas da melhor forma, e tirarem mais proveito do seu tempo.

Todos gostamos de nos sentir ocupados, de dizer que somos muito requisitados para trabalhos. No caso de um artesão, acontece o mesmo, todos gostam de aceitar várias encomendas em simultâneo, porém nem sempre todos conseguem geri-las da melhor forma. Saber gerir as encomendas em simultâneo é apenas um problema de método, organização e disciplina. Este artigo apresenta algumas sugestões úteis e práticas para os artesãos gerirem as suas encomendas da melhor forma, e tirarem mais proveito do seu tempo.

  1. Organização. seja organizado e metódico. Tenha uma agenda onde anote todos os pedidos, as datas de entrega das encomendas, para que tenha sempre presente as datas em que tem de entregar as encomendas. Organize também o seu espaço físico, separe as encomendas que já fez das que ainda não fez, logo que possa envie as encomendas terminadas para os respetivos clientes.

  2. Estabelecer limites e prioridades. Além de organizar as encomendas por datas de entrega, organize-as também por prioridades, deste modo poderá dedicar mais atenção e empenho às encomendas prioritárias.

  3. Planear e controlar atividades. Faça um plano diário com as atividades que tem de desenvolver no próprio dia e cumpra-o à risca! Já diz o ditado que não deve “deixar para amanhã o que pode fazer hoje”. Não adie tarefas, caso contrário estas acumular-se-ão.

  4. Local de trabalho. O local de trabalho tem muita influência na sua produtividade e criatividade. Escolha um local para trabalhar que seja bem iluminado, de preferência por luz natural, se trabalha sozinho não coloque no seu local de trabalho coisas que o poderão facilmente distrair como computadores e telefones, se tiver de os ter no seu local de trabalho, coloque-os de forma a que não interfiram com o seu trabalho.

  5. Discipline as interrupções. Poderá receber diariamente telefonemas ou emails dos seus clientes para saberem do estado em que se encontra o seu trabalho. Dedique uma hora por dia para atender telefonemas ou enviar emails, que poderá ser no início do dia, assim que começa a trabalhar, ou ao fim do dia. Não permita que estas tarefas interrompam a progressão do seu trabalho.

  6. Saber delegar tarefas. Se precisar de ajuda com as suas encomendas, não hesite em solicitá-la, delegue tarefas em quem percebe do assunto, caso a pessoa em questão não perceba do assunto, peça-lhe ajuda igualmente para tarefas menos “importantes” (por exemplo despachar as encomendas), assim essa pessoa sentir-se-á igualmente útil. Saber delegar tarefas é uma arte, é preciso saber praticá-la.

  7. Ritmo de atividade e de produtividade. Trabalhe ao seu próprio ritmo. Se considera ser mais produtivo de manhã, trabalhe de manhã, se pelo contrário considera ser mais produtivo de noite, então trabalhe durante a noite, trabalhe de acordo com o seu próprio ritmo, não copie o ritmo de trabalho de outros artesãos, o ritmo de trabalho é como tomar um medicamento, porque foi eficaz com outro, não significa que seja eficaz consigo.

  8. Motivação e recompensa. Trabalhe motivado, só assim poderá alcançar os objetivos a que se propôs quando aceitou as encomendas. Maior do que a recompensa monetária, é a satisfação que tem ao ver que consegue cumprir com os seus objetivos e obrigações. Isso dar-lhe-á ainda mais motivação para continuar a fazer os seus trabalhos, de forma ativa e produtiva.

  9. Reutilizar materiais. Tente sempre reaproveitar as suas “sobras” de material para trabalhos seguintes, desta forma, estará a “ganhar tempo”.

  10. Vida pessoal e profissional. Saiba separar a sua vida pessoal da sua vida profissional. É normal que nos momentos de maior volume de trabalho se distancie um pouco mais da sua família, se isso acontecer explique-lhes o porquê do seu distanciamento e compense-os logo que tenha oportunidade.

  11. Criatividade. Consulte trabalhos feitos por outros artesãos, compre revistas de artesanato urbano, boas ideias nunca são demais, e se o puderem ajudar a tornar-se mais criativo ainda melhor!

  12. Controle as suas emoções. Se por qualquer motivo está mais irritado nesse dia, não deixe que isso transpareça ou que afete o seu trabalho, se for necessário abrande o ritmo de trabalho ou faça uma pausa, tenha no entanto em conta que esse tempo perdido terá de ser recompensado mais tarde.

  13. Negociação. Se mesmo seguindo todas estas sugestões sentir que está a ficar apertado com o trabalho, negoceie com o(s) cliente(s) o prazo de entrega do trabalho, quem sabe ele não aceita a sua sugestão de modo pacífico.

Siga estas sugestões práticas e úteis e verá como conseguirá facilmente gerir as suas encomendas de artesanato da melhor forma!

Crédito de Imagem: The Crafted Sparrow e Oh Joy